Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

PHODA

Entre os mistérios do não escrito
Seguem trilhas do vômito.
Nas cabeças a sensação de incômodo
Fervilham a paz do âmbito
Cabeças etíopes
Visões míopes
Já passaram
Já foram Já voltaram
Sempre giram
O que foi?
A dialética
Nem sempre alfabética
Resumo que poda
Natural nesta
PHODA.

Rogério Vícios F...
Todas as poesias registradas na biblioteca nacional

Todas revisadas por THOR o DEUS do trovão

Nenhum comentário:

Postar um comentário